Análise da Maturidade e Desempenho da Cadeia de Suprimentos Aplicada a uma Indústria de Papel e Celulose

Wilkias da Silva

Resumo


Este presente artigo objetiva analisar a maturidade da cadeia de suprimentos de uma empresa de grande porte do segmento de papel e celulose utilizando o modelo de maturidade de orientação de processos de negócios e o modelo de referência operacional da cadeia de suprimentos. Para tal, foi utilizada a metodologia quantitativa através da coleta de dados de um questionário, cuja amostra contemplou 135 profissionais. Nela ainda foi utilizado o método de análise de estatística descritiva e distribuição por frequência. Os resultados apontam grande relação estatística entre a maturidade e o desempenho da cadeia de suprimentos e ainda referencia a área de distribuição como melhor avaliada. A pesquisa também apresenta limitações, pois os resultados refletem a percepção dos respondentes, tornando-a assim menos fiável ao exposto. O estudo possui originalidade pelo fato de aplicar uma metodologia a um dado singular e mostra que é possível obter resultados significativos diante de uma pesquisa científica.
Palavras-chave: Modelo de Maturidade da Cadeia de Suprimentos. SCOR. Desempenho.


Texto completo:

PDF

Referências


CHAN FTS, QI HJ. An innovative performance measurement method for supply chain management. Supply Chain Management: An International Journal 8(4):209–23, 2003

CHRISTOPHER, M. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos: criando redes que agregam valor. 2. ed. São Paulo, Thomson Learning, 2007.

COOPER, D. R. & SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. 7. ed. Porto Alegre, Bookman, 2003.

DEPARTAMENTO DE ESTUDOS ECONÔMICOS (DEPEC-Bradesco). Informativo setor de Papel e Celulose no Brasil. Disponível em:

https://www.economiaemdia.com.br/EconomiaEmDia/pdf/infset_papel_e_celulose.pdf> Acesso em: dez.2017.

FREDERICO G. A., MARTINS A. M. Modelo para alinhamento entre a maturidade dos sistemas de medição de desempenho e a maturidade da gestão da cadeia de suprimentos, Gest. Prod., São Carlos, v. 19, n. 4, p. 857-871, 2012

GUNASEKARAN A, PATEL C, TIRTIROGLU E. Performance measures and metrics in a supply chain. International Journal of Operations and Production Management 21(1/2):71–87, 2001

IGNÁCIO, Paulo S. A. PROPOSTA DE UM MODELO PARA MENSURAÇÃO DO DESEMPENHO DOS SERVIÇOS LOGÍSTICOS. Tese de Doutorado, Unicamp. 2010.

LAHTI, M.; SHAMSUZZOHA, A. H. M.; HELO, P. Developing a maturity model for supply chain management. International Journal of Logistics Systems and Management, 5 (6): 654-678, 2009.

LOCKAMY III, A. & MCCORMACK, K. The development of a supply chain management process maturity model using the concepts of business process orientation. Supply Chain Management: An International Journal, 9 (4): 272-278, 2004.

MCCORMACK, K.; LADEIRA, M. B.; OLIVEIRA, M. P. V. Supply chain maturity and performance in Brazil. Supply Chain Management: An International Journal, 13 (4): 272- 282, 2008.

OLIVEIRA; Paulo Valadares de. Modelo de Maturidade de Processos em Cadeias de Suprimentos: Precedências e os Pontos-Chave de Transição. Belo

Horizonte, 2009. (Doutorado – Programa de PósGraduação em Administração / UFMG).

PIRES, S. R. I. Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management): conceitos, estratégias, práticas e casos. 2. ed. São Paulo, Atlas, 2009.

SUPPLY CHAIN COUNCIL (SCC), Cypress. Supply Chain Operations Reference-model: SCOR Overview – Version 11.0. 2012.

WETTSTEIN, T.; KUENG, P. A Maturity Model for Performance Measurement Systems. Management Information Systems, p. 113-122, 2002.




CONSCIESIUNIESI@GMAIL.COM