TRATAMENTO DA CERVICALGIA CRÔNICA COM FISIOTERAPIA CONVENCIONAL – ESTUDO DE CASO

Sieis Dias de Oliveira, Claudia Maria Peres, Patrícia Elaine Bellini, Monica Furquim de Campos

Resumo


A cervicalgia é uma das causas mais comuns de dor crônica relacionada à coluna vertebral e
pode ser de diversas etiologias. O quadro álgico crônico causa incapacidade, limitação física e
afeta diretamente a qualidade de vida. Por ser uma disfunção no sistema musculoesquelético,
a fisioterapia tem ótimos resultados com tratamentos baseados em recursos manuais. O
objetivo deste estudo foi verificar os resultados de um tratamento fisioterapêutico para
cervicalgia, através de técnicas manuais. Desenvolveu-se relato de caso do tipo descritivo com
abordagem quantitativa de uma paciente do sexo feminino, de 39 anos, com diagnóstico médico
de cervicalgia. Foi realizada uma avaliação antes e após o tratamento. Como instrumentos de
avaliação, foi utilizada a Escala Visual Analógica da Dor, questionário Neck Disability Index, além
de avaliação da força muscular e da amplitude de movimento articular. Com o tratamento
proposto foi possível observar, após 15 sessões, diminuição do quadro de dor e ganho de
mobilidade na região cervical. Concluímos que a terapia manual apresentou-se eficaz no
tratamento da cervicalgia, resultando em melhora significativa da dor, mobilidade e função da
região cervical.


Texto completo:

PDF


Contato: Prof. Dr. Joaquim M. F. Antunes Neto (Editor Chefe) - consciesi@gmail.com