UMA ANÁLISE FILOSÓFICA MARXISTA DO ENSINO SUPERIOR PRIVADO

Rodrigo Legrazie de Faria

Resumo


A urgência por rupturas paradigmáticas e a diminuição das desigualdades sociais faz reacender os ideais marxistas, sobretudo a partir do método dialético materialista histórico, ao buscar retratar as transformações do ensino superior no Brasil, ocorridas principalmente no início do Século XXI, a partir de um contexto social, político e econômico. Alguns estudiosos salientam que, após a morte de Karl Marx, Antonio Gramsci (1891-1937) foi um dos poucos pensadores que partiram dos ideais marxistas mais puros e aplicados no contexto sociopolítico, principalmente tendo como alvo o modelo de educação adotado pelas universidades. Serão destacadas, no presente artigo, as principais críticas e concepções filosóficas desses dois pensadores clássicos, respeitando o contexto histórico de suas respectivas produções culturais, instigando os leitores a férteis reflexões a respeito do atual modelo educacional superior “industrial” no Brasil.

Palavras-chave: Educação Superior. Teoria Marxista. Filosofia da Educação. Karl Marx. Antonio Gramsci.


Texto completo:

PDF


CONSCIESIUNIESI@GMAIL.COM