EDITORIAL

Alessandra Gomes Varisco

Resumo


Chegamos a mais uma edição. Não somente inovadora, mas também com vistas à projeção de um novo limiar. Os artigos em pauta são de interesse acadêmico e do público em geral e constituem a base para a circulação do conhecimento.

Sobre teias e aranhas em um processo de prevenção às drogas, passando pela pedagogia hospitalar e pela diferença entre femicídio e feminicídio, os assuntos são variados. Destaque para o artigo ‘Crítica à unilateralidade da narrativa histórica itapirense: a polêmica sobre os “patriarcas fundadores”, que efetua uma análise crítica sobre a história itapirense.

Como o signo é social, o conhecimento apreende na medida em que é diverte.

Então, divirtam-se!


Texto completo:

PDF


CONSCIESIUNIESI@GMAIL.COM